[RESENHA] Não faz sentido – Por trás da câmera ― Felipe Neto

“Você já conhece o Não faz sentido. Agora vai conhecer tudo sobre seu criador, o maior vlogger do Brasil.

Criado por Felipe Neto em 2010 sem maiores pretensões, o Não Faz Sentido tornou-se um fenômeno da internet brasileira e o primeiro canal de vídeos em língua portuguesa a ultrapassar a marca de 1 milhão de inscritos.
Confundido muitas vezes com seu personagem reclamão, Felipe Neto expõe nesta obra sua outra face, sem óculos escuros, muito diferente da que se vê em seus vídeos mais famosos.
Do garoto que se levantou da falência para a exposição meteórica (que o acabou levando à depressão); dos bastidores envolvendo o vídeo contra a série Crepúsculo ao desentendimento com celebridades; acompanhamos, com muita sinceridade, uma história de sucesso por trás dos panos.
Você conhece o Não Faz Sentido. Agora vai conhecer a história, através de uma linguagem bem-humorada e sem nunca se levar muito a sério, pela lente de quem está por trás da câmera. E comprovar que, apesar do nome, este livro nos apresenta a história de um projeto cujo sucesso possuiu não apenas toda lógica, como também todos os motivos para se comunicar com uma geração altamente conectada, disposta a revolucionar a maneira como lidaremos com a produção e o conteúdo do entretenimento mundial”.

Resenha do L. J. Lunewalker

Primeiro, sinto que é necessário dizer que eu tive um forte preconceito com a leitura desse livro por algum tempo: simplesmente por acreditar que era o livro de um youtuber. Não era algo que eu gostaria de ler. E também por acreditar que se tratasse de uma biografia forçada de alguém que ainda não está no fim de sua vida ― pelo menos acreditamos que não, tomara que não estejamos enganados.

Felipe Neto é um cara que me impressionou. Quando seus vídeos começaram, eu tinha a idade do público-alvo. Então, pode-se dizer que acompanhei por cima a carreira do sujeito. Mas, ao contrário do que eu pensava, seu livro não é uma história de um garoto que deu certo no youtube após se dar mal na vida e ter que voltar pra casa da mãe.

É o livro de um empresário como começou o seu trabalho.

Claro, ele fala sobre sua carreira de youtuber, mas foi onde ele começou, era necessário. Mas não eram textos já apresentados nos vídeos do canal. Uma narrativa em primeira pessoa que diverte e inspira. Gostei de como ele se tratava sem qualquer vergonha (repetidamente ele se chama de “banana”) e com total desprendimento.

Da criação do personagem do canal até a evolução do ator para o empresário. Um rapaz que pode nos mostrar o que é perseverar, o que é ir quando todos ficam dizendo que ele vai tomar na cara o tempo todo e, ainda assim, ter coragem para seguir em frente.

Sua trajetória inspira. Particularmente, eu me senti mais inspirado para seguir meu caminho como escritor após ler este livro. Se ele teve coragem, eu também tenho. Não vamos desistir ― um recado que ele me mandou pela minha namorada quando ela assistiu a sua peça (aliás, obrigado pelo autógrafo, apesar de ter errado meu nome e, em seguida, se corrigido, achei genial!).

Minha avaliação geral da obra é de quatro estrelas de cinco. Li o livro pela edição da minha cunhada e pelo e-book comprado na Amazon, mas aceito, se alguém quiser me presentear, a edição física para manter em minha estante.

Felipe Neto, parabéns pelo livro.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s