[RESENHA] Stardust: o Mistério da Estrela – Neil Gaiman

“Na Inglaterra da era Vitoriana, está a vila solitária que tira seu nome de uma imponente barreira de pedra que rodeia a fértil terra. A calma de muro é interrompida a cada nove anos, quando o mortal e o mágico se encontram numa feira única”.

Opinião do L. J. Lunewalker

Hey, quanto tempo, não? Eu sei que tenho umas resenhas pra fazer, mas estou adiando – culpem o #Nanowrimo – mas logo tudo volta ao normal. Vamos falar de Stardust, de Neil Gaiman!

Okay, vamos começar com o fato de que existe um filme? Vamos.

A história começa nos contando sobre o pai do personagem principal, dando uma grande aprofundada na história antes dela realmente acontecer, o que eu achei muito legal e divertido. Bem detalhado e até um tanto safado.

O rapaz mora no lugarejo de Muralha, uma pequena vila cercada por uma muralha de verdade que tem uma passagem no meio (vamos dizer que seja meio, vai saber qual o tamanho daquilo) e onde ocorre uma feira a cada nove anos com coisas fantásticas e incríveis. O pai do personagem principal, o rapaz mencionado antes, acaba se engraçando com uma moça de orelhas de gatinho. Volta para sua terrinha e acaba casando com uma mulher normal… E um tempo depois, nove meses, acaba sendo entregue um filho num cesto. Tristan Thorn.

E é aí que a história dá um salto de quase dezoito anos.

E vamos conhecendo Tristan, um jovem caixeiro que sonha muito com uma moça que é a “mais bela, mais sábia, mais legal” de todas. Ai ai, tadinho do menino apaixonado tolamente. Em um encontro com essa moça, ele promete buscar a estrela que caiu em troca daquilo que desejasse – promessa dela para ele.

Com a ajuda do pai, Tristan consegue passar pela muralha – afinal, ninguém poderia passar nem de lá pra cá nem o contrário – e ir para a Terra Encantada. Cheia de criaturas, bruxas, coisas incríveis. E, sem contar muito das coisas, ele encontra a estrela, Yvene, e começa sua jornada de volta para casa. Passando por desafios complicados para isso, tendo até a ajuda da própria Lua e de um unicórnio e mais algumas pessoas que podem, ou não, estar ligadas a uma organização ou grupo.

E ainda há uma história – na verdade, mais do que uma – dentro da história. Ao mesmo tempo em que Tristan está em sua jornada há uma família, dois irmãos – os últimos dois de sete filhos homens – que buscam uma pedra preciosa que está com Yvene (que foi o motivo de sua queda) para que possam assumir o seu lugar de direito como rei da Fortaleza da Tempestade. Além de existir uma bruxa, a Rainha das Bruxas, que também está atrás de Yvene para arrancar seu coração para que possa retomar sua juventude, junto de suas irmãs.

A história é bem tranquila de ler, bem suave. Eu li em três dias, basicamente, e me diverti. Minha única crítica é que o final foi meio… Fraco. Talvez porque foi um caso de história em que eu vi o filme antes e estava muito acostumado com aquele final.

Mesmo assim, eu dou nota três de cinco para a história. Elementos narrativos da jornada do herói, uma grande busca, a questão de ser um conto de fadas para adultos, tudo influencia para essa nota. E, sim, eu quero o livro físico, por favor, para minha coleção!

Anúncios

Um comentário sobre “[RESENHA] Stardust: o Mistério da Estrela – Neil Gaiman

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s